Saiba como a resiliência organizacional é importante no marketing

entenda o que é e confira dicas para colocá-lo em prática!
janeiro 22, 2021
Veja como o Stage ajuda a proteger WordPress de ataques
janeiro 25, 2021
Show all

Saiba como a resiliência organizacional é importante no marketing

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Você já deve ter ouvido falar em resiliência, não é? Embora a popularidade desse termo venha crescendo nos últimos anos, não se trata de uma palavra exatamente nova. Sua origem está no latim, mais especificamente no termo resilire, que indica um movimento de recomeço. Mas, afinal, qual é a importância da resiliência organizacional mundo corporativo?

A maioria das pessoas sabe a resposta para essa pergunta no cenário individual, afinal, trata-se de uma soft skill fundamental para a performance de diversas profissões. Contudo, é preciso entender esse conceito em um escopo mais amplo, compreendendo sua influência nos resultados da companhia. É aí que entra a resiliência organizacional.

Quer saber mais sobre o assunto e entender como isso pode afetar a execução do seu plano de marketing? Então está no lugar certo! Neste texto, vamos responder:

O que é resiliência organizacional?

Se você tem alguma experiência com gestão organizacional, conhece os desafios envolvidos no processo. Sabe, também, que tais obstáculos não são sempre visíveis no início do planejamento, gerando situações inesperadas que precisam ser superadas com criatividade e, é claro, resiliência. O ano de 2020 nos proporcionou numerosos exemplos nesse sentido.

A crise econômica global gerada pela pandemia de Covid-19 obrigou basicamente todas as empresas a realizarem mudanças profundas em suas operações, ao menos durante um certo período. A necessidade de isolamento social, unida à mudança de hábitos de consumo, gerou dificuldades imprevisíveis para negócios de todos os tamanhos e setores.

Diante de tal cenário, seria natural observar empresas recuando em seus objetivos e aceitando resultados consideravelmente abaixo da média. Não é o caso. Diante do cenário adverso, diversas companhias buscaram soluções alternativas, aplicando ações para frear os aspectos negativos e explorar possíveis oportunidades.

O exemplo da pandemia cabe perfeitamente na explicação de resiliência, afinal, é difícil encontrar alguém que não tenha passado por situações pessoais de superação durante o período de isolamento. Contudo, é preciso entender que, no contexto em que estamos falando, a resiliência está longe de ser uma qualidade individual.

Para atingir um bom nível de resiliência organizacional é preciso estruturar sua empresa para tal. Isso significa não apenas contar com profissionais resilientes, mas estabelecer uma cultura que possibilite e, principalmente, motive a adoção de posturas resilientes em todos os departamentos, incluindo o marketing.

E por que isso importa no marketing?

O marketing media a relação entre a marca e os consumidores e, para isso, busca compreender as principais dores, necessidades e o padrão de comportamento do público-alvo. Por mais que esse processo envolva coletas eficientes de dados relevantes, nem sempre é possível traçar um trajeto claro e sem desvios.

Em uma organização resiliente, o departamento de marketing demonstra maior capacidade para se adaptar às adversidades e encontrar soluções criativas para reverte-las. Isso pode parecer simples, mas faz uma diferença imensurável nos resultados em médio e longo prazo. Afinal, devemos sempre lembrar, as melhores estratégias de marketing não entregam dividendos imediatamente.

Pode ser, por exemplo, que você desenvolva uma estratégia de conteúdo qualificado mas não consiga atrair muitos visitantes para o seu blog em um primeiro momento. Em uma situação como essa, gestores menos preparados, afetados pela pressão natural do cargo, podem tomar decisões precipitadas.

Muito se fala, por exemplo, no investimento em anúncios pagos como forma de solucionar o baixo índice de visitas. Pode até ser uma abordagem eficiente, mas, às vezes, vale mais a pena investir mais tempo no enriquecimento dos seus conteúdos do que partir para um plano mais agressivo, como as campanhas feitas no Google Ads.

Dessa forma, podemos entender a resiliência organizacional como peça fundamental para o alcance dos objetivos de branding e publicidade da marca. Ela permite que o setor e os profissionais nele inseridos se mantenham firmes na busca pelos resultados esperados, sem se deixar abalar pelos empecilhos no caminho.

Para atingir esse patamar, é claro, é preciso que toda a companhia esteja inserida em uma cultura resiliente. Como fazer isso? Contamos no próximo tópico!

Como desenvolver a resiliência organizacional?

O primeiro passo para tornar sua companhia resiliente é aceitar a noção de que as coisas podem não sair como planejadas. A partir do momento que você assume a possibilidade de ter que lidar com uma situação adversa, começa, mesmo que inconscientemente, a se preparar para isso. Nesse processo, é preciso levar em conta a complexidade da companhia.

Tenha em mente que toda empresa é, basicamente, um conjunto de indivíduos que atuam sob o mesmo contexto, preferencialmente buscando objetivos comuns. Assim, é preciso pensar sua estratégia em um plano estrutural, em um esforço para alinhar todos os diferentes agentes da marca em uma mesma cultura.

Desenvolva sua cultura organizacional

A cultura organizacional é o conjunto de normas, valores, crenças e ações que rege o ambiente interno de uma companhia. Ela serve como norte para a tomada de decisão dos gestores e para o comportamento dos colaboradores, sendo essencial para a construção de um ambiente de trabalho positivo.

Dentro dessa cultura, é preciso encontrar espaço para difundir a ideia de resiliência organizacional. É importante que esse conceito esteja intrincado em todas as atividades, sendo ressaltado pelas figuras de liderança.

Uma forma de fazer isso é a partir do princípio da inovação. Uma organização que tem em sua cultura o incentivo a conceitos inovadores vai desenvolver resiliência com mais rapidez, no mesmo ritmo em que vai encontrar soluções criativas para seus problemas.

Invista em comunicação interna

A comunicação interna facilita a interação entre membros de diferentes equipes, gestores, líderes e todos os demais integrantes da empresa. Isso não apenas gera um ambiente mais colaborativo, como facilita a delegação e monitoramento de tarefas. Isso significa que os colaboradores terão maior facilidade para entender o que se espera deles.

Com esse tipo de informação, fica mais simples alinhar as expectativas e garantir que todos estão na mesma página. Com metas claras, comunicadas e bem definidas, as equipes podem trabalhar com tranquilidade ao se depararem com uma adversidade, já que conseguem enxergar o objetivo no fim do caminho.

Durante tempos estressantes, as pessoas não querem se sentir deixadas no escuro. Qualquer indefinição resulta em aumento da ansiedade, estresse e diminuição do desempenho no trabalho. Fale com os colaboradores sobre as mudanças que estão sendo implementadas e, mais importante, como essas mudanças os ajudarão em longo prazo.

Uma plataforma digital abrangente permite compartilhar informações da empresa e dados direcionados com aqueles que precisam vê-los. Atinja níveis mais altos de transparência e resiliência ao implementar uma para seus funcionários.

Crie estratégias mais adaptativas e dinâmicas

Tenha sempre espaço para um plano B. Por mais meticulosos que sejam os seus cálculos, o mundo dos negócios é repleto de exemplos que deixam claro sua imprevisibilidade. A própria pandemia de 2020 está incluída nesse cenário. Sendo assim, de nada adianta desenvolver estratégias que parecem efetivas, mas que não deixam espaço para adaptações.

É crucial utilizar abordagens flexíveis, que possam ser modificadas de acordo com a realidade enfrentada pela companhia.

Se prepare para situações difíceis

Com estratégias flexíveis e adaptativas, é possível encontrar soluções criativas e realizar alterações pontuais diante de situações adversas. Para fazer isso, contudo, é preciso estar preparado. Quando for passar o planejamento às demais pessoas envolvidas, preze pela transparência como forma de prepará-los para o que pode estar por vir.

Seja transparente sobre seus planos para mudanças e sobre a realidade da empresa. Celebre marcos importantes e reconheça as muitas pessoas que ajudaram a alcançá-los. Por outro lado, seja verdadeiro sobre os contratempos e sobre o que a empresa está fazendo para superá-los.

Busque se antecipar às mudanças do mercado

Estudar o mercado é um dos pilares para o êxito de qualquer empreendimento. É preciso entender como os fatores externos do negócio podem influenciar a competição e, principalmente, o comportamento dos consumidores. Ao realizar esse estudo, contudo, é necessário incluir não apenas o presente, mas também o futuro.

A partir do acompanhamento de tendências e do uso de dados, é possível prever mudanças no mercado e, assim, se antecipar a elas. É claro que esse tipo de previsão nem sempre é possível, mas, em muitos casos, basta dedicação e análise. Por exemplo: pense nos canais que você usa para se comunicar com o público.

Provavelmente as redes sociais estão entre esses canais, não é? Mas será que as redes que você usa continuarão relevantes para o seu público em um futuro próximo?

Não faltam exemplos de redes sociais que se tornaram obsoletas ou simplesmente deixaram de existir. Estar preparado para esse tipo de variação coloca sua empresa em uma posição avantajada no mercado e dá muito mais tranquilidade para os seus colaboradores realizarem suas tarefas.

O desenvolvimento de resiliência organizacional é fundamental para manter a sua empresa focada em atingir seus objetivos, mesmo diante de circunstâncias não previstas. A ideia é propiciar um ambiente de trabalho ideal para soluções criativas, contornando obstáculos e tirando proveito das oportunidades que surgem com eles.

Que tal continuar estudando formas de aprimorar sua empresa? Neste texto, contamos mais sobre o processo de desenvolvimento organizacional. Leia mais!



Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda

Os comentários estão encerrados.